Tendo presente a situação no mundo e em particular nos países da CPLP, Francisco Sarmento, ex-representante da FAO em Portugal e especialista em sistemas alimentares das Nações Unidas, refere que “poderíamos estar a considerar no mínimo cerca de 25 milhões de pessoas que poderiam vir a estar à beira da fome, mas esse número poderia atingir facilmente 50 milhões do conjunto dos países em função das consequências da pandemia”.

Veja mais em: https://www.vaticannews.va/pt/mundo/news/2020-08/francisco-sarmento-ex-representante-fao-portugal-cplp-pandemia.html

 Subscreva a newsletter da Alimenta CPLP!

    ao subscrever, o usuário concorda com nossa política de privacidade. saiba mais aqui.