Centro de Formação promove a Agroecologia na CPLP

o Tomé e Príncipe hospeda o Centro de Competências para a Agricultura Familiar Sustentável da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, que valoriza o intercâmbio de conhecimentos para promover sistemas alimentares resilientes

Fortalecer a agricultura familiar com base nos conceitos da Agroecologia é a solução apontada  pela sociedade civil, governos locais e organizações internacionais para combater a fome e a pobreza na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa e alcançar, assim, o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 2 (ODS 2) até 2030. O evento de lançamento do Centro de Competências para a Agricultura Familiar Sustentável (CCAFS), realizado nesta terça-feira (7/4), concretiza uma ação conjunta estratégica de criação de uma rede de cooperação no espaço da CPLP para a construção de sistemas alimentares sustentáveis, resilientes e justos.

O evento teve lugar em São Tomé e Príncipe e foi transmitido em direto com a participação do Ministro da Agricultura, Pescas e Desenvolvimento Rural de São Tomé e Príncipe, Francisco Ramos; do Secretário Executivo da CPLP, Francisco Ribeiro Telles; do Coordenador Sub-Regional da FAO para a África Central e Representante para Gabão e São Tomé e Príncipe, Hélder Muteia; da Presidente da ACTUAR, Júlia Alves; e da Oficial de Agricultura NSP/FAO, Emma Siliprandi. O evento foi moderado pelo Coordenador local do Projeto, Emílio Lima.

Clique aqui e assista ao evento na íntegra

 Subscreva a newsletter da Alimenta CPLP!

    ao subscrever, o usuário concorda com nossa política de privacidade. saiba mais aqui.